IMPRENSA PRETA

COMUNICAÇÃO DIVERSIDADE E INFORMAÇÃO

FLUP HOMENAGEIA LIMA BARRETO NO MUHCAB

Nomeado de Quilombo do Lima, o evento reunirá grandes nomes .

                                                                                              Foto/Divulgação FLUP 11ª edição no MUHCAB

Com data prevista para o mês de dezembro, a 12ª edição da Festa Literária das Periferias, a Flup, já iniciou os preparativos para homenagear a história e presença do escritor Lima Barreto na literatura, o subúrbio, as periferias, a escuta e as vozes das mulheres. Nos dias 31 de outubro e 1º de novembro, ocorrerá o Quilombo do Lima, composto por mesas de debate com autores e autoras romancistas negres que discutirão a vida e a obra do escritor no Museu da História e da Cultura Afro-Brasileira – MUHCAB, além da exibição do filme “Lima Barreto, Ao Terceiro Dia”.

A fim de analisar histórica e culturalmente a trajetória de Lima Barreto na literatura brasileira 100 anos após sua morte, as mesas trarão à tona o olhar crítico do autor sobre a sociedade no início do século XX. A denúncia ao preconceito racial, ao assédio às mulheres, a vida no subúrbio carioca e a linguagem coloquial foram algumas das transformações que o escritor inaugurou na arte do Romance brasileiro. Além disso, o evento busca reparação e valorização de sua vida e obra, tanto por ter sido desprezado e invisibilizado pelas elites intelectuais modernistas da época, quanto por ser um dos primeiros romancistas negros a serem publicados no Brasil, sucedendo, nesse sentido, apenas Machado de Assis, Maria Firmina e Teixeira de Sousa.

Cada mesa faz referência a um romance de Lima Barreto e todos os convidados são, também, romancistas negras e negros. Como avanço essencial na luta contra o racismo estrutural na sociedade, o evento busca incentivar um precário número presente no mercado editorial brasileiro, em que, de 1990 a 2004, apenas 6,1% de escritores e escritoras publicados eram negros.

Foto/Divulgação FLUP 11ª edição no MUHCAB

Assim, no dia 31, a celebração começa com uma apresentação de Axé da sacerdotisa do candomblé Mãe Celina, às 15h, seguida pela exibição do longa biográfico de Lima Barreto, “Ao Terceiro Dia”, às 16h. Dirigido por Luiz Antonio Pilar, a obra conta com Luis Miranda e Sidney Santiago Kuanza vivendo Lima Barreto, respectivamente, jovem e mais velho. Na história, lembranças, fantasia, alucinações e depressão passam pela vida do autor, que confronta seus próprios demônios e os personagens dos seus romances.

Ainda no primeiro dia, a partir das 18h, o ator, diretor e escritor Lázaro Ramos abre as discussões com o autor Alê Santos na mesa intitulada “Marginália: as periferias no centro”, com mediação da jornalista Thaís Bernardes. Já às 20h, para debater sobre as geografias inventadas pelo autor no livro “Os Bruzudangas”, a poetisa, cantora e atriz Elisa Lucinda se une à escritora Eliana Alves Cruz, mediadas por Angélica Ferrarez, uma das curadoras desta edição da Flup.

A programação do dia 1º de novembro começa às 11h com a mesa “Recordações do Escrivão Isaías Caminha: a sorrir eu pretendo levar a vida”, com mediação da jornalista Maju Coutinho e a presença dos compositores e escritores Altay Veloso e Nei Lopes. Às 13h30, a mesa “Vida e Morte de M. J. Gonzaga de Sá: a memória dos outros, que também é nossa” será mediada por Alessandra Tavares, com debate encabeçado pela autora Miriam Alves e o autor José Falero. “Policarpo Quaresma: quando a esfinge nos devora” é a mesa das 15h30, que contará com o escritor Paulo Scott e o jornalista Tom Farias, sob mediação de Yanê Lopes dos Santos, Doutora em História Social pela USP e escritora.

Dentro das homenagens do Quilombo do Lima, a Flup também está reunindo e formando 22 novos escritores negros para escrever contos inspirados nas obras de Lima Barreto. São 3 encontros presenciais e 7 virtuais. Ao final do processo, será lançado um livro. A coletânea se chamará também Quilombo do Lima.

Serviço:

Flup homenageia Lima Barreto no MUHCAB
Local: MUHCAB – Museu da História e Cultura Afro-Brasileira
Endereço: R. Pedro Ernesto, 80 – Gamboa, Rio de Janeiro – RJ

Data: 31 de outubro
Horário: 15h às 21h30

Data: 1º de novembro
Horário: 11h às 21h30

Entrada gratuita

Instagram: @fluprj
Site:
https://www.flup.net.br

About Post Author