Vereadora de Campinas sofre ataques racistas

9 de novembro de 2021

Vereadora Paolla Miguel do PT sofreu ataque racista na Câmara de Campinas, quando discursava

Campinas chega ao mês da consciência negra e não diferente de outros municípios brasileiros, o extremismo, o preconceito e a discriminação avançam, fazendo vítimas e mostrando a cara de uma sociedade doente, formada pelo Racismo estrutural.

A vereadora de Campinas Paolla Miguel, do PT(Partido dos Trabalhadores), sofreu um ataque racista nesta segunda-feira na Câmara Municipal de Campinas, durante seu discurso na tribuna, no qual a parlamentar falava do Conselho de Desenvolvimento e Participação da Comunidade Negra que estava na pauta para votação.

O fato aconteceu e foi registrado em vídeos que viralizaram nas redes sociais, segundo informações da assessoria da Câmara Municipal um grupo de pessoas que ali protestavam contra o passaporte da vacina, usavam palavras de ordem afirmando que a Vacina Mata, e tentavam chamar a atenção, mesmo o projeto não estando na ordem do dia.

No momento em que a parlamentar discursava, uma pessoa que acompanhava a reunião se aproveitou do momento e gritou “preta Lixo”, apesar das imagens o autor ainda não ter sido identificado.

A vereadora Paolla Miguel compareceu nesta terça – feira no 1º Distrito Policial de Campinas prestou depoimento onde foi feito registro do boletim de Ocorrência relatando o crime de injúria racial, previsto no parágrafo 3º do artigo 140 do código penal, outras testemunhas também compareceram, mas só devem serem ouvidas durante as investigações.

A Câmara Municipal de Campinas, também abriu investigação para apurar os fatos, segundo o presidente da Câmara Municipal, o vereador Zé Carlos do PSB, todos os vídeos tanto da TV, quanto da segurança além dos áudios da sessão serão usados na tentativa de identificar o responsável ou responsáveis do crime.

Nesta quarta – feira dia 10 de Novembro às 17:30, acontece ato contra o racismo e em solidariedade a vereadora Paolla Miguel, pelos ataques sofridos, a manifestação será em frente ao Plenário da Câmara Municipal de Campinas, na Avenida Eng. Roberto Mange 66 – Vila Marieta.