25 de outubro de 2021

IMPRENSA PRETA

COMUNICAÇÃO DIVERSIDADE E INFORMAÇÃO

Câncer de mama, alimentação saudável e prática de exercícios, o que têm em comum?

Segundo INCA, alimentação saudável e exercícios reduzem o surgimento do câncer de mama

E chegamos a mais um Outubro Rosa com diversas atividades de prevenção e orientações sobre o Câncer de Mama; a data comemorada em todo o planeta, originou-se no final dos anos 90, no século passado, visando chamar a atenção de pessoas, empresas e entidades para uma doença que tira a vida de milhares de mulheres todos os anos que se cuidadas no devido tempo, poderiam ter sobrevivido.  Além das várias atividades realizadas durante o mês para atrair o olhar de todos para a prevenção, acontece também a  iluminação rosa de prédios públicos e monumentos em todas as partes do planeta. 

 No Brasil, o câncer de mama é a principal causa de morte entre as mulheres.  As maiores taxas de ocorrência e de mortalidade estão nas regiões Sul e Sudeste do Brasil, de acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA).

Com o tema deste ano, “Eu cuido da minha saúde todos os dias. E você?”, o Inca busca alertar as mulheres que se diagnosticado logo no início, as chances de cura da doença aumentam consideravelmente. De acordo com o instituto, entre 2020 e 2022, 66.280 brasileiras a cada ano serão afetadas por este tipo de câncer.   Caroços (nódulos) geralmente duros, fixos e sem dor; pele da mama avermelhada ou semelhante a casca de laranja, mudanças no bico do peito(mamilo) , saída espontânea de líquido de um dos mamilos são  alguns dos principais sintomas do câncer de mama que também pode apresentar o surgimento de pequenos nódulos no pescoço ou embaixo dos braços( axilas).São várias as causas do câncer de mama. Fatores como envelhecimento, determinantes relacionados à vida reprodutiva, histórico familiar de câncer de mama, consumo de álcool, excesso de peso, atividade física insuficiente e exposição à radiação ionizante estão entre determinantes da doença.  Já a prática de exercícios regulares (mais de 150 minutos de atividade moderada por semana), alimentação livre, gorduras saturadas, alimentos processados (industrializados),e carne vermelha diminui os riscos de desenvolver a doença. Alimentem-se da forma mais natural possível.

Este ano, em Campinas, a exposição itinerante “ Mulheres Verdadeiras”  conta a história  de mulheres acometidas pela doença, estará exposta em diversos locais da cidade. No dia primeiro a exposição estará no Paço Municipal a partir das 14hs. Dia 09 de Outubro, será a vez da UPA Anchieta das 9h às 12h. Dia 14, “Mulheres Verdadeiras” chega à Estação Cultura, podendo ser vista das 9h às 16hs. Em 23 de Outubro, a exposição segue para a Praça da Juventude, das 9hs às 12h.  Nos dias 28 e 29 será a vez do Shopping Bandeiras, das 10h às 19h.  No CRAS (Centro de Referência e Assistência Social), Campo Belo, a exposição “Mulher Labirinto” poderá ser apreciada das 9h às 12h. O hospital Municipal Dr. Mário Gatti, também receberá a exposição “ Mulher Labirinto” nos dias 18 e 19 de Outubro. 

Mulher, campineira, campinense ou que esteja por aqui de passagem a trabalho, a passeio, aproveite as comemorações do Outubro Rosa e comemore a vida e lembrem-se: Quanto mais cedo for descoberto, maiores serão suas chances de sobreviver ao câncer de mama por isso: Cuide da sua saúde, seu bem mais precioso!