25 de outubro de 2021

IMPRENSA PRETA

COMUNICAÇÃO DIVERSIDADE E INFORMAÇÃO

Bebidas açucaradas aumentam em até 40% o risco de câncer

Alimentação inadequada contribui para o surgimento da doença

O risco de desenvolver câncer ao longo da vida é aumentado em até 40% pelo consumo de bebidas açucaradas, refrigerantes, energéticos e chás adoçados, de acordo com estudo publicado pela revista médica Gut que investigou a ligação entre a incidência do aumento de câncer colorretal e de cólon entre jovens e adultos  consumidores de bebidas açucaradas, como refrigerantes. 

Durante o estudo, percebeu-se que o risco de câncer vai aumentando consideravelmente em pessoas que tomam mais de 250 ml por semana de bebidas açucaradas; quem consome pode aumentar a chance de desenvolver a doença entre 35% e 40%.  

Para o oncologista Fernando Maluf, do Instituto, Vencer o Câncer, quanto menos ingestão deste tipo de bebidas menor serão as possibilidades de ter a doença. “Quanto mais tarde começar a ingerir, menor é o risco da doença no futuro”. Segundo o oncologista, este estudo serve de alerta para os pais impedirem o consumo excessivo dessas bebidas entre as crianças e defende ainda maior rigor nas propagandas e fiscalização assim como acontece com o cigarro. 

“Da mesma forma que a utilizada no combate ao tabagismo, o mesmo princípio deve ser usado nesse tipo de bebida, aumentar taxação de impostos e informar nas embalagens os danos que elas podem provocar à saúde”. 

Hábitos saudáveis de alimentação começam ainda bem cedo através da orientação e exemplo dos pais. Para aqueles que não tiveram esta oportunidade na infância, ainda dá tempo para adquirir hábitos de uma alimentação saudável fazendo uso de frutas, legumes, verduras, grãos, sementes, integrais, castanhas entre outros. Dar preferência a alimentos crus ou cozidos evitando ao máximo, frituras e industrializados. 

Vale lembrar que associada a atividades físicas, luz solar, ar puro, água e repouso, uma alimentação saudável, contribui e muito, para manter qualquer pessoa longe das doenças, entre elas, o câncer.