Abril é o mês de prevenção a Adenomiose

Imagem Ilustrativa

imagem da internet

Dor, sangramentos, cólicas fortes, inchaço na barriga, são alguns dos sintomas.

O Abril Roxo tem como foco despertar a atenção das mulheres para o diagnóstico precoce e o tratamento da Adenomiose.  A Adenomiose é uma doença que provoca uma concentração na parede uterina causando dores, sangramentos ou cólicas fortes, especialmente durante a menstruação, inchaço na barriga, dores durante a relação sexual, aumento da quantidade e duração do fluxo menstrual, prisão de ventre e dor ao evacuar.  O surgimento da doença pode acontecer com 2 ou 3 anos após o parto mesmo que a mulher já tenha a enfermidade desde a infância.    Pouco se sabe sobre as causas, mas a doença pode ser resultado de traumas no útero devido a cirurgias ginecológicas, mais de uma gravidez ou a cesarianas, ou seja, partos cesáreas.

A doença pode também ser uma das responsáveis em causar a dismenorreia ou hemorragia uterina anormal, o que é muitas vezes difícil de diagnosticar. 

A Adenomiose tem cura, porém nos casos em que o tratamento medicamentoso não controlam os sintomas, é necessária a intervenção cirúrgica para a retirada do útero.

Nem sempre a doença apresenta sintomas, às vezes aparecem após a gravidez e desaparecem depois da menopausa.  Sinais como dor no útero, corrimento amarelado, coceira ou dor durante a relação, além de serem sintomas de outras doenças, podem também ser sintomas da Adenomiose, por isso, o alerta durante o mês de abril.  

A doença que pode causar abortos e complicações graves durante a gravidez atinge cerca de 150 mil brasileiras a cada ano. Daí a necessidade de a mulher ir ao ginecologista regularmente e no caso das gestantes, fazer o pré-natal mensalmente seguindo as orientações médicas.  Apenas ginecologistas através de exames como o especular, toque vaginal e Papanicolau podem detectar a Adenomiose.

Portanto, mulheres: se cuidem! Se não cuidar de você mesma, vai cuidar de quem?!

Saúde a todos!

About Post Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.